H&S junta-se ao combate do bullying na infância e adolescência

Família
11/10/2021

O regresso às aulas, a volta à rotina e o encontro com novos colegas pode ser um momento de stress para os mais novos. Em 2018, um estudo da UNICEF estimava que um em cada três jovens portugueses entre os 13 e os 15 anos já tinham sofrido de bullying.

Com o objetivo de alertar, sensibilizar e educar para esta realidade, a H&S juntou-se à Associação No Bully Portugal e desenvolveu uma ação com o fim de promover a inclusão social entre crianças e jovens. A campanha tem o objetivo de angariar um total de 11.000€ que serão investidos em 110 de formação dadas a cerca de 2.200 pessoas ao longo do ano letivo 2021-2022.

MAS SABES QUE ESTRATÉGIAS UTILIZAR PARA APOIAR O TEU FILHO?

1: Conversa com o teu filho no final do dia de escola

Quando o teu filho chega da escola tenta perguntar-lhe como correu o dia, conhece as suas dinâmicas e rotinas durante o dia, compreende se este tem amigos ou com quem se está a relacionar na escola.

2: Está atento a qualquer mudança de personalidade

Um comportamento mais intempestivo, uma maior reclusão, marcas físicas espalhadas pelo corpo ou não querer falar sobre o que acontece na escola podem ser sinais de alerta para que algo de menos positivo possa estar a acontecer.

3: Ajuda o teu filho a trabalhar numa maior autoestima

É na infância e na adolescência que se cimentam bases que serão úteis ao longo de toda a vida. A autoestima, o autocuidado e o amor próprio são algumas dessas ferramentas através das quais o teu filho poderá ficar menos permeável a opiniões negativas e a que possa ajudar quem está ao seu redor.

4: Fala abertamente sobre os temas

Ter uma comunicação clara e falar de uma forma aberta sobre as questões do bullying, da falta de autoestima ou de amor próprio podem ser uma boa via para que o teu filho possa também desenvolver esses mesmos raciocínios e debater estas questões com os seus colegas da escola, professores ou outros amigos e familiares.

5: Educa o teu filho a ser empático com outras vítimas de bullying

Tão importante como estar alerta para o bullying e se o teu filho sofre deste, é ser empático com todos quantos os que o sofrem. É necessário que as crianças que não sofrem deste tipo de problemas possam ser o suporte dos colegas ou amigos que estão a passar por estes momentos mais delicados.

Vai gerindo os medos, ansiedades e expectativas do teu filho, esclarece-lhe as dúvidas e trabalha diariamente para que o bullying não tenha que ser um problema aí em casa. Cuida de ti, dos teus e deixa que a H&S cuide do vosso cabelo!