5 perguntas que deve fazer

5 perguntas que deve fazer

Conheça 5 questões importantes que deve fazer a vários intervenientes da sua vida, como a sua mãe, o seu médico, entre outros.


MÃE

  1. Quanto tempo demorou a engravidar?
    Se a sua mãe lutou para engravidar, existe um forte risco de dificuldades semelhantes para si – especialmente se as dificuldades estavam relacionadas com a ovulação ou endometriose, dois fatores com fortes ligações genéticas.
  2. Era saudável?
    Conhecer a história médica da sua avó pode avisá-la para fazer mudanças no seu estilo de vida, muito antes de algum sintoma aparecer.
  3. Já fez o testamento?
    Esta pergunta deve ser feita ao seu pai também. A morte e o dinheiro são provavelmente dos temas mais difíceis para discutir com os seus pais, mas o melhor é saber as respostas enquanto eles ainda estão vivos. E nesta conversa, aborde outras perguntas como "onde estão os seus documentos importantes? e "desejam ser enterrados ou cremados?". Depois da conversa podem sempre partilhar uma bebida forte (ou uma chávena de chá)!
  4. Qual foi a coisa mais difícil que já fez?
    Esta pergunta pode resultar numa conversa útil para si, e para que saiba como reagir numa situação idêntica – como desempenhar o papel de mãe, como encarar um divórcio ou como lidar com o emprego, são alguns exemplos.
  5. O que posso eu fazer por si agora?
    Seja a resposta "ensinar-me a fazer download de músicas" ou "parar de deixar os seus filhos todos os sábados à noite cá em casa", o que importa é a sua mãe ter a oportunidade de poder dizer exatamente aquilo que quiser.

MÉDICOS

  1. Isso é realmente necessário?
    Embora o seu médico possa preferir fazer-lhe todos os testes e mais alguns como forma de se prevenir a ele próprio, questione-o sobre a real necessidade de fazer determinados testes e como vão esses testes ajudá-la se os fizer.
  2. O que é que este medicamento faz?
    Se vai ao médico porque anda a tossir, por exemplo, e sai do consultório com prescrição de medicação para tratar do problema, sabe realmente como ou porque é que aqueles medicamentos vão funcionar? Então, pergunte. 3. O meu peso é o correto? Se está preocupada com o seu peso, pergunte ao seu médico. Certamente vai ouvir o que precisa de ouvir, sem o drama que existe quando a mesma coisa é dita pela sua mãe, irmã ou companheiro! 4. Faz algum desconto? Não tem nada a perder. Peça um desconto ou um plano de pagamento alternativo. 5. "Quem escolheria para consultar a sua própria mãe?" Se o seu médico se refere a outro especialista, peça-lhe que indique alguém em quem ele mesmo confiasse a saúde da sua própria mãe (e não o colega que por acaso está disponível).
Registration

Torne-se membro do Para Mim e beneficie de ofertas exclusivas

Torne-se Membro

GESTOR FINANCEIRO

  1. Como posso investir o meu próprio dinheiro?
    Esta pessoa será responsável por aconselhá-la sobre o que fazer com o seu dinheiro, por isso é importante perceber o que é que ela faz com o seu próprio dinheiro. As suas prioridades podem ser diferentes e, por isso, requerem estratégias de investimento distintas, mas vai sentir-se mais confiante se souber que ele tem um plano financeiro sólido próprio.
  2. Como pode ajudar-me a ganhar dinheiro?
    Sim, o seu investimento vai fazê-la ganhar dinheiro. Mas como? E quando? Garantias a 100% podem não existir (e se o garantirem, não acredite) mas as respostas às suas dúvidas nunca poderão ser vagas.
  3. Quais são os seus honorários?
    Quer se trate de uma taxa por hora, um salário pago pela empresa em que trabalha, ou uma comissão ganha em produtos (tais como o seguro de vida) que lhe foram vendidos a si, saiba como é que a pessoa responsável pelo seu dinheiro trabalha.
  4. Qual é a melhor decisão financeira que já fez para si próprio?
    A resposta irá revelar a metodologia e as normas aplicadas pelo seu gestor financeiro, que de outra forma não poderia entender.
  5. Podemos deixar tudo escrito?
    Este deve ser o padrão, mas certifique-se que passa tudo para o papel. Só assim poderá evitar situações desagradáveis como "ele disse, ela disse", se as coisas não correrem bem.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Confirme os seus dados pessoais

Para finalizar o processo, preencha por favor os dados seguintes