O SEU CÃO E O RECÉM-NASCIDO

O SEU CÃO E O RECÉM-NASCIDO

Um novo membro da família está prestes a chegar... Acha que o seu cão está preparado? Há certas coisas que devem ser tomadas em consideração.


Aqui tem algumas dicas para que a chegada do bebé não seja um problema para o seu animal de estimação.

Ter um cão é uma experiência única. E os benefícios que proporciona à família estão demonstrados. Mas não nos devemos esquecer que o nosso querido animal de estimação é um ser vivo, por isso é de esperar que a chegada de um novo membro da família faça com que ele reaja à mudança.

Um cão não é uma pessoa de quem se pode esperar que assuma diferentes papéis, em função do interlocutor com quem interage, quer este seja uma criança ou uma pessoa idosa, ou a família no seu conjunto. Sabe como o seu cão irá reagir a esta nova pessoa que vai passar a fazer uma parte tão importante da sua família? A presença de um animal em casa é uma oportunidade de enriquecimento para a criança, mas pode ser igualmente uma fonte de stresse para o animal.

Então, como é que vamos preparar o nosso cão para a chegada de um recém-nascido? Da mesma maneira como nos preparamos com alegria para a chegada do bebé, devemos agir da mesma forma com os animais. Aqui tem algumas orientações simples que poderá seguir:

  • É importante estabelecer uma série de regras antes do bebé nascer, e não depois, de modo a que o cão não sofra mudanças na sua rotina que possam perturbá-lo.
  • É útil levar o cão a um parque que fique perto de casa para ver as crianças a brincar. Desta forma, vamos habituando o cão aos seus movimentos e gestos.
  • É recomendável programar cuidadosamente o momento em que o cão e o bebé irão estar juntos, em especial se o cão não tem muita experiência.
  • É importante que o cão não se sinta excluído da vida familiar.
  • É importante manter a mesma rotina diária do cão, mesmo depois da chegada do bebé, tal como os horários de saída ou as atividades que fazem ao ar livre.
  • É aconselhável não deixar o cão e o bebé sozinhos sem supervisão.
  • Se o que a preocupa é a saúde, não existem riscos para a criança, desde que o animal seja saudável, esteja vacinado e vá com regularidade ao veterinário. O único "inconveniente" poderá surgir se detetar sintomas de alergia aos pelos ou à saliva do animal.
  • É tão importante ensinar o cão a tratar a criança como ensinar a criança a tratar o cão. Assim, evitaremos situações perigosas para os dois.

E quanto à convivência das crianças com os nossos grandes amigos de quatro patas, só pode trazer benefícios!

Sabia que...?

  • A presença de um animal pode acalmar o nervosismo e a agitação, a tensão ou as preocupações.
  • O contacto com os animais, através de jogos e carícias, aumentam o conhecimento do próprio corpo da criança, um aspeto chave no desenvolvimento da sua personalidade. Também ajudam a mente do bebé a gerar pensamentos positivos, a desviar a sua mente de pontos fixos, favorecendo assim as interações com um ser vivo, com o qual pode estabelecer um contacto emocional e muito gratificante.

Gostou deste artigo? Faça ‘Gosto’ ou deixe-nos um comentário e partilhe connosco as suas ideias sobre o seu animal de estimação. E se gosta verdadeiramente de animais, atreva-se a adotar um cachorro! Dizemos-lhe aqui o que precisa de saber.

Registration

Torne-se membro do Para Mim e beneficie de ofertas exclusivas

Torne-se Membro

Confirme os seus dados pessoais

Para finalizar o processo, preencha por favor os dados seguintes

Máquina de barbear

Gillette Fusion Proshield

Gillette

€2,00

de desconto

Technologia de lubrificação Proshield antes e depois das lâminas. Escudo contra a irritação **

Máquina de barbear

Gillette

Gillette Fusion Proshield

Para imprimir os cupões, por favor utilize um computador ligado a uma impressora.