Dieta mediterrânica

Dieta mediterrânica

Comummente reconhecida como a melhor de todas as dietas, a dieta mediterrânica é baseada em tradições alimentares de países mediterrânicos, como Portugal, Espanha, Itália e Grécia.


A base da pirâmide alimentar

O grupo dos alimentos ricos em hidratos de carbono está na base da dieta mediterrânica. Nela cabem alimentos como o pão, as massas, o arroz e as batatas.

Frutas e legumes

Na adopção deste tipo de dieta importa destacar o consumo de fruta e legumes, grupos de alimentos ricos em minerais (como o magnésio e o cálcio), vitaminas e compostos protetores. E soma-se ainda o consumo de frutos secos.

Dica: use e abuse das frutas e dos legumes na sua dieta. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o fraco consumo deste tipo de alimentos é responsável por cerca de 31% da doença cardiovascular isquémica, 19% dos cancros gastrointestinais e por 11% dos enfartes do miocárdio.

Todos os dias

Diariamente deve consumir queijo e iogurtes, pois são produtos ricos em minerais, vitaminas e proteínas. A ementa deve incidir também em carne branca (peru, frango), peixe (é mesmo para aproveitar a altura da sardinha!) e ovos (duas a três vezes por semana – a não ser que tenha o nível de colesterol elevado).

Dica: o consumo de carne vermelha deve ser moderado. Ingira-a uma vez por semana, apenas. Quanto à carne transformada (bacon, presunto, salsichas...), o melhor é mesmo passar.

Registration

Torne-se membro do Para Mim e beneficie de ofertas exclusivas

Torne-se Membro

Azeite é fundamental

O azeite é a gordura mais utilizada na dieta mediterrânica e um excelente substituto da manteiga e da margarina, ajudando a abrilhantar os seus cozinhados. Ah, e nas saladas nunca pode faltar (guarde os molhos para outra oportunidade).

Dica: o consumo de azeite é aconselhado por ter características que ajudam a prevenir doenças cardiovasculares.

Líquidos

Tal como em qualquer dieta saudável, recomenda-se a ingestão de água, pois a ação desta é fundamental na limpeza e hidratação do nosso organismo.

Dica: o consumo moderado de vinho tinto é sempre bem-vindo na dieta mediterrânica!

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico. ***

  Para publicar um comentário, registe-se ou inicie sessão