RETIRE O MELHOR DE CADA MÉDICO

RETIRE O MELHOR DE CADA MÉDICO

Com certeza já ouviu histórias de mães que tiveram de ultrapassar uma cadeia interminável de médicos para chegarem ao fundo do problema de saúde dos filhos. Se calhar essa é, até, a sua história. Na verdade, estas situações são mais frequentes do que pensamos.


A medicina não é uma ciência exata. Os médicos também são humanos e cometem erros. Trate-os bem e verá como a sua perceção sobre o trabalho deles vai melhorar.

Em teoria, o sistema leva-nos para uma consulta com o médico de família e, em seguida, esta deriva para o pediatra quando necessário. Em locais onde há poucos pediatras, este procedimento ajuda a reduzir a pressão sobre eles, na medida em que estes são chamados apenas quando estamos perante um caso complexo.

  • Dê ao seu médico uma oportunidade. Ou duas.Todas as pessoas as merecem.
  • Escolha bem o médico e o pediatra.Tente encontrar um que fique perto da sua casa ou no hospital de referência.
  • Faça uma lista. Quando for a uma consulta leve as perguntas que quer fazer escritas num papel. É difícil falar com um médico e cuidar do seu filho doente ao mesmo tempo, por isso, é fácil esquecer-se de metade das perguntas. Uma lista vai ajuda-la a ter uma consulta mais eficiente e a reduzir a necessidade de uma chamada telefónica posterior.
  • Mantenha o historial médico atualizado. Isto é muito importante para que o médico tenha um registo do estado de saúde do seu filho com os resultados dos exames de todos os médicos que o viram anteriormente.
  • Investigue. Consulte, investigue, saiba mais sobre a saúde do seu filho (e da sua). Informe-se sobre o que o médico lhe diz para que o possa compreender melhor.
  • Confie e seja assertiva.Não tenha receio de dizer que não entende algo ou que não está satisfeita com alguma coisa. Se o médico fizer um juízo sem examinar o seu filho (ou sem olhar para o historial clínico), pergunte-lhe o porquê. Se lhe passar uma receita médica sem explicar para que serve, exija uma justificação. Tem sempre o direito a receber esse tipo de informações.
  • Demonstre apreço. Quando o médico dedicar o seu tempo a examinar cuidadosamente o seu filho, levando em conta o seu caso em concreto e a sua história, ao mesmo tempo que escuta pacientemente o que tem para lhe dizer, demostre-lhe o seu apreço.

Os médicos trabalham muitas horas e muitas vezes recebem pouco ou nenhum agradecimento pelas vidas que ajudam a salvar todos os dias. Se os médicos receberem apenas queixas e lamentações, serão menos propensos a dedicar-se à sua família. Encontrar o médico certo nem sempre é fácil mas, com a atitude correta, podemos construir uma boa relação médico-paciente e receber o melhor dos tratamentos.

  • Aproveite ao máximo a sua visita. Participe na tomada de decisões sobre assuntos que afetam a sua saúde. Solicite a informação completa e precisa sobre a natureza da doença, sobre os procedimentos de diagnóstico, o tratamento e os custos associados.
  • Para além disto, sempre que possível, peça uma segunda opinião a um outro médico em quem confie.

Gostou deste artigo? Esperamos que sim! Faça “Gosto” ou deixe-nos um comentário. Talvez queira ler mais sobre Dormir bem ou Cuidados a ter com os ouvidos do bebé.

Registration

Torne-se membro do Para Mim e beneficie de ofertas exclusivas

Torne-se Membro

Confirme os seus dados pessoais

Para finalizar o processo, preencha por favor os dados seguintes