DORMIR BEM PARA VIVER MAIS

DORMIR BEM PARA VIVER MAIS

Para algumas pessoas dormir seis horas é o suficiente, enquanto que outras precisam de mais de oito. Há inúmeros estudos sobre o sono e uma grande quantidade de dados e relatórios, no entanto, no que se comprometem a maioria dos investigadores é que a falta de horas de sono pode ser prejudicial para a saúde.


O “sono de beleza” não é um mito, e não é apenas algo superficial. Uma boa noite de sono pode dar-lhe anos de vida e pô-la muito mais bonita! O que descansa por dentro é refletido por fora. Conheça os principais benefícios e dormir bem.

Seis, sete… oito?

Em relação a tudo o que foi dito durante anos sobre esta questão e a quantidade ideal de sono que deveriamos desfrutar diariamente, há novidades. Um estudo da Universidade da Califórnia, San Diego, afirma que, ao contrário das oito horas de sono, a quantidade ótima de sono são sete horas todas as noites, não menos que seis e meia. Estas sete horas mágicas são o que os investigadores denominam de “o sono elementar”, o que significa que é o suficiente para manter uma saúde ótima.

Este estudo do sono, que conta com um milhão de participantes chegou à conclusão que dormir mais de sete horas na realidade poderia diminuir a longevidade. Além disso um relatório recente da Universidade de Surrey, no Reino Unido, indica que a falta de sono pode levar a doenças crónicas como diabetes, doenças do coração, pressão arterial alta e obesidade. Se tivermos uma rotina de sono inadequada (ou seja, se dormirmos menos de seis horas por noite), cerca de 700 genes relacionados com a luta de doenças são afetados!

O sono e a reparação celular

Isto faz com que as mudanças que acontecem no corpo, quando dormimos menos, afetam a saúde a longo prazo, já que se altera o sistema imunitário do corpo e o metabolismo. Dormir menos de cinco horas cada noite aumenta o risco de morte em 15%! O corpo entra em modo “reparo” quando se dorme, por isso a privação de sono suprime a atividade do gene que regula a resposta inflamatória do corpo, que por sua vez está vinculado ao envelhecimento.

Perder horas de sono também afeta a nossa beleza, já que faz com que o rosto se veja cansado e a pele sem brilho. A restauração do corpo que tem lugar durante o sono inclui um novo crescimento das células da pele e do reequilíbrio hormonal. As mulheres sabem bem disto (normalmente), já que para nós a pele rugosa, sem energia e as olheiras são uma boa motivação para tentar dormir o suficiente, mesmo que seja mais fácil dizer do que fazer! E o pior de tudo é que a falta de sono pode provocar insónias.
De qualquer forma, cada pessoa tem uma ampla gama de ritmos circadianos (o que denominamos comummente por relógios biológicos), e assim é difícil aplicar as mesmas regras a todos. Há pessoas que ao dormirem seis horas estão completamente sãs e felizes, e isso talvez se deva ao facto da sua qualidade de sono ser melhor que a de outros que dormem sete ou oito horas.

Como melhorar uma noite de sono

De acordo com a revista Psychology Today

  • Mantenha um horário regular.
  • Limite as sestas a 45 minutos durante o dia.
  • Evite a cafeína depois do almoço e o álcool antes de dormir.
  • Faça 20 a 30 minutos de exercício diário (e pelo menos 3 horas antes de se deitar).
  • Tenha pensamentos positivos.
  • Crie um ambiente agradável no seu quarto.
  • Desligue o computador, a televisão e as consolas duas horas antes de se deitar.
  • Prepare-se para dormir atenuando as luzes e tomando um banho relaxante.
  • Se a luz a incomoda, use uma máscara para os olhos.
  • Tente desfrutar da luz solar durante o dia.

Gostou deste artigo? Faça “Gosto” ou deixe-nos um comentário. Visite também a nossa secção de Saúde e bem-estar

Registration

Torne-se membro do Para Mim e beneficie de ofertas exclusivas

Torne-se Membro

Confirme os seus dados pessoais

Para finalizar o processo, preencha por favor os dados seguintes