Ocasiões especiais: o que vestir quando não sabe o que há de vestir

Ocasiões especiais: o que vestir quando não sabe o que há de vestir

Vai a uma entrevista de trabalho? Tem um almoço informal? Foi convidada para uma gala? E agora, o que é que há de vestir?! Veja aqui quais as escolhas acertadas para cada ocasião segundo mandam as regras de etiqueta... e o bom senso.


As regras de protocolo definem muito claramente que tipo de roupa se deve usar em cada tipo de cerimónia, tendo em conta o grau de formalidade e a hora a que se celebram. Mas muitas vezes, não temos noção de que a isso se aplica o protocolo e muito menos fazemos ideia de como devemos ir vestidas para diferentes situações.
Se tem dúvidas ou mesmo se está com falta de ideias, o melhor é seguir o que dizem as “regras de educação e boas maneiras” em termos de guarda-roupa e assegurar-se, assim, de que está à altura das circunstâncias.

ENTREVISTA DE TRABALHO

O primeiro ponto a ter em conta é qual o cargo para o qual se está a candidatar.
Se for para um lugar de executivo ou de administrador de um banco ou empresa, advogado ou outros que tais, obviamente os homens devem optar por um fato elegante, gravata (discreta - esqueçam os padrões cómicos e extravagantes para já), e sapatos (limpos!).
Para as senhoras, uma aposta certa é o tailleur ou saia e casaco, meias e sapatos clássicos de salto alto ou cunha.
Se a entrevista é para um call center, para criativo de uma agência de publicidade, jornalista ou outros trabalhos “informais”, a roupa será sempre descontraída e, de preferência, com estilo. Exemplos: calças de ganga com T-shirt cool (evitem as que têm mensagens demasiado irónicas ou subversivas!), ténis, etc.
Quando tiver dúvidas, pergunte a algum conhecido que trabalhe no local ou passe por lá uns dias antes e repare no que vestem as pessoas que lá trabalham.
Em qualquer caso, se tem que contactar com o público e não tem farda, um estilo mais conservador será sempre preferível, a menos que seja um café ou um bar. Se for uma loja de roupa, tente vestir a roupa que pretende vender.



REUNIÃO DE TRABALHO FORMAL

Aplicam-se os princípios da entrevista: depende do cargo que ocupa.
Em negócios, opte sempre pelo clássico podendo usar um acessório mais atrevido (um lenço, um alfinete, um colar...) para dar um toque pessoal.
Se o seu trabalho é mais descontraído, passe a mensagem que é suposto passar com o seu look. Será sempre importante que tenha um aspeto lavado e limpo, mesmo que seja excêntric@.




REUNIÃO DE TRABALHO INFORMAL

Aplicam-se os princípios da entrevista: depende do cargo que ocupa.
Aqui é quando pode puxar mais pelo seu estilo pessoal. Mas...
No caso de ter um trabalho administrativo ou de gestão, nada de excessos. As calças de corte clássico com uma blusa bonita ou um top no caso das senhoras e as calças de pinças com uma camisa sem gravata e um blazer funcionam sempre bem.
Noutro tipo de trabalhos, escolha uma roupa que lhe dê um aspeto organizado e esmerado de acordo com a sua profissão.



BATIZADO

Normalmente, os batizados celebram-se de manhã ou durante o dia. Portanto a roupa é sempre mais informal (quanto mais cedo for, menores os formalismos no vestuário) ou mesmo descontraída (se for uma cerimónia mais íntima e familiar).
Aos homens recomenda-se camisa e calças elegantes com casaco de tweed ou blazer.
Às senhoras, vestido curto ou saia e blusa, de cores claras ou com padrões de flores, com uns bonitos sapatos a condizer – podem mesmo ser rasos. Lembre-se que o protagonista da cerimónia é um bebé e vista-se a condizer.
Como será na igreja, evite levar decotes amplos, vestidos ou tops cai-cai ou saias demasiado curtas.
As palavras de ordem são descontração e leveza.



CASAMENTO

O vestido que as senhoras devem vestir define-se não só pela hora e o lugar da cerimónia, mas também por aquilo que é indicado para os homens.
Se o casamento for durante o dia dia, os homens usarão ternos em tons castanhos claros ou cinza e gravatas coloridas que combinem bem, com camisa branca ou em tons terra e sapatos castanhos. À noite, fato preto (de três peças, se quiserem), camisa elegante e gravata.
As senhoras devem usar vestidos curtos e pouco elaborados e podem usar chapéu – sendo que os casquetes mais pequenos também se podem usar à noite. Noutros casos, será melhor abster-se de adereços na cabeça, a menos que saiba que a madrinha ou a mãe da noiva também os vão usar.
A esquecer em qualquer casamento, seja religioso ou civil, são os vestidos brancos ou em tons bege. Ninguém deve roubar protagonismo nem ser confundida com a noiva no dia mais especial da sua vida. Os pretos também devem ser evitados, já que esta é uma cerimónia festiva e feliz e o preto está associado ao luto.



GALA

Todas as mulheres sonham ir a uma gala para poderem usar aquele vestido longo e elegante que têm guardado há anos ou para ter uma desculpa para comprar um vestido de sonho.
Para as senhoras, nestas ocasiões exigem-se os vestidos longos e feitos em tecidos nobres com joias a combinar. Neste campo, tudo vai depender do modelo, do decote e da ornamentação do próprio vestido. Se for muito elaborado, as joias deverão ser mais discretas, se for muito simples e de linhas direitas, pode aproveitar para exibir umas joias mais rococós. Os sapatos ideais serão de salto alto e, de preferência, abertos.
Os homens deverão usar fraque ou smoking, se indicar “black tie” (habitualmente de dia); e se for indicado “white tie” no convite, então é casaca obrigatória com todos os seus complementos (normalmente de noite). Os sapatos devem ser pretos de verniz ou abotinados.



Tira o chapéu, põe o chapéu...

Usar ou não usar chapéu? Esta dúvida surge muitas vezes quando pensamos na roupa que vamos vestir em alguma ocasião especial. No entanto, o uso de chapéu tem regras muito bem definidas que, pelo sim pelo não, convém saber.
No site Portugal Protocolo (www.portugalprotocolo.com) explicam que “pode usar-se chapéu de abas largas em cerimónias durante o dia até às 18 horas, somente os chapéus ou ornamentos de pequenas dimensões, com pequenos véus poderão ser mantidos depois dessa hora”.
Por outro lado, acrescentam: “A maioria dos vestidos pode ser acompanhada por um chapéu ideal, devendo este ser da cor do vestido ou combinar no mínimo com dois elementos do traje”.
Ao contrário dos homens, que devem sempre tirar o chapéu quando entram em recintos fechados, as senhoras só o tiram no início da noite, exceto se for um casquete.



DICAS:

  • É sempre melhor ir discreta do que cair no excesso. Se tem dúvidas, deixe o seu longo vestido de gala no armário e opte por um vestido a meia perna com uns bonitos sapatos de salto que serão elegantes, sensuais e adequados em qualquer circunstância.
  • Tenha sempre atenção às indicações no convite de qualquer festa, já que é aí que habitualmente se especifica o traje a usar caso seja protocolar.
  • Se não liga as regras de protocolo ou gosta mesmo de as subverter, então marque bem o seu estilo com escolhas mais ousadas e originais, mas que não desrespeitem os anfitriões. Já que foi convidad@, retribua com simpatia e educação, independentemente do look que escolher.

Registration

Torne-se membro do Para Mim e beneficie de ofertas exclusivas

Torne-se Membro

Confirme os seus dados pessoais

Para finalizar o processo, preencha por favor os dados seguintes

Casa Margarida